Log-In Logística Intermodal cresce 11,7% e registra receita de R$ 1,1 bilhão no primeiro semestre de 2023

0
283

Log-In Logística Intermodal cresce 11,7% e registra receita de R$ 1,1 bilhão no primeiro semestre de 2023

– No segmento de Navegação Costeira, a Cabotagem registra recorde de receita com R$230,8 milhões no segundo trimestre do ano

– Terminal Portuário de Vila Velha tem a maior ROL para um segundo trimestre com R$80,3 milhões

– Transporte Rodoviário de Cargas apresenta recorde histórico de EBITIDA Ajustado com R$16,6 milhões no 2T23

A Log-In Logística Intermodal, companhia  de soluções logísticas, movimentação portuária e navegação de Cabotagem, Mercosul e Feeder, além de operações na ponta rodoviária, divulgou, nesta quarta-feira (09/08), os resultados financeiros e operacionais referentes ao segundo trimestre de 2023. Além dos resultados trimestrais, foram divulgados também os números consolidados do primeiro semestre deste ano.

Entre os destaques do 2T23 estão o maior EBITDA Ajustado para um segundo trimestre, recordes históricos de Receita Operacional Líquida (ROL) e de volume movimentado na Cabotagem, bem como recordes históricos de ROL e de EBITDA de Soluções Logísticas (3PL).

Além disso, houve, também, o início da operação de distribuição de carga fracionada na região Norte do Brasil, envolvendo Log-In, Tecmar Transportes e Oliva Pinto, assim como o melhor nível de serviço da história da Tecmar. Na agenda ESG, destaque para o lançamento do 3º Relatório de Sustentabilidade da Log-In assegurado e de acordo com diretrizes internacionais.

Com relação aos resultados financeiros, a Log-In registrou uma Receita Operacional Líquida de R$554,6 milhões no 2T23 e um EBITDA Ajustado de R$143,1 milhões. No consolidado, de janeiro a junho, o Grupo compilou uma receita de R$1,1 bilhão e um EBITDA Ajustado de R$308,9, crescimentos de 11,7% e 23,8%, respectivamente, se comparados ao primeiro semestre de 2022.

Entre os principais fatores que contribuíram para a evolução dos resultados semestrais do Grupo estão: o aumento da receita do Transporte Rodoviário de Cargas, passando de R$156,6 milhões nos primeiros seis meses de 2022 para R$263,5 milhões no mesmo período de 2023. Além disso, em comparação ao 6M22, a ROL da Cabotagem teve uma ampliação de 30%, enquanto o Terminal Portuário de Vila Velha avançou 5,7% também em Receita Operacional Líquida, sobretudo pela melhor precificação e pelo aprimoramento dos resultados da Armazenagem e Outros Serviços.

De acordo com o CFO e Diretor de Relações com Investidores da Log-In Logística Intermodal, Pascoal Gomes, os resultados do primeiro semestre são reflexos do robusto planejamento elaborado e seguido pela Log-In, com o intuito de aprimorar ainda mais os negócios do Grupo. “Investimos fortemente no último ano para ampliar a nossa estratégia de negócios e a oferta de serviços por meio de um planejamento de logística inteligente e sustentável, integrando os benefícios de cada modal e promovendo o que há de melhor na multimodalidade. Focamos, sobretudo, na redução da intensidade de emissão de CO2 na atmosfera, resultados que podem ser percebidos, por exemplo, a partir do terceiro relatório de Gases de Efeito Estufa, onde obtivemos um decréscimo de 26% entre 2020 e 2022. Neste sentido, passamos a colher estes frutos com um crescimento significativo neste primeiro semestre e recordes consecutivos nos últimos trimestres”, explica Pascoal.

Navegação Costeira

Os indicadores do segundo trimestre das operações relacionadas ao serviço de Navegação Costeira foram beneficiados pela ROL do segmento de Cabotagem, que registrou recorde histórico. Ao todo, o negócio de Navegação da companhia apresentou uma Receita Operacional Líquida de R$321,9 no 2T23 e de R$651,4 milhões no consolidado do primeiro semestre de 2023. O recorde de receita da Cabotagem está atrelado, principalmente, ao crescimento nos volumes movimentados e ao início do novo Serviço Expresso Amazonas, que representou R$230,8 milhões do valor total do segundo trimestre.

Com relação ao EBITDA Ajustado da Navegação Costeira, a Log-In registrou um total de R$102,2 milhões no segundo trimestre e um consolidado de R$230,4 milhões no 6M23, crescimento de 11,9% se comparado ao primeiro semestre de 2022. Este avanço pode ser justificado pela estratégia de precificação, com destaque para o crescimento do volume e melhor mix de cargas no 1T23.

Soluções Logísticas (3PL)

Em Soluções Logísticas (3PL – Third-party Logistics) a Log-In oferece soluções customizadas para os clientes em complemento ao transporte marítimo e serviços portuários (TVV), sendo responsável por toda a cadeia logística do cliente.

No 2T23, a companhia registrou recordes históricos de EBITDA, com R$8,9 milhões, e de Receita Operacional Líquida, com R$14,5 milhões. Estes crescimentos são consequência da estratégia de prestação de serviços de soluções logísticas customizadas para o mercado, com novos contratos sendo firmados ao longo dos últimos trimestres.

Nas Soluções Logísticas Integradas estão contemplados os negócios de Navegação e Soluções Logísticas (3PL), que contabilizaram juntos no 2T23 o montante de R$ 336,4 milhões em Receita Líquida.

Terminal Portuário de Vila Velha (TVV)

O Terminal Portuário de Vila Velha registrou a maior Receita Operacional Líquida para um segundo trimestre com total de R$80,3 milhões. No acumulado de 2023, esse valor chega a R$165,9 milhões. Quanto ao aumento na movimentação de carga geral, esse avanço foi propiciado, em especial, pelo aumento de 11% na linha de granito (bloco) e 50% na linha de granéis.

Apesar da redução na movimentação de contêineres, o TVV apresentou um EBITDA Ajustado de R$36,8 milhões no 2T23, beneficiado principalmente pela maior ROL para um segundo trimestre. Quanto aos dados semestrais, houve crescimento de 12,2% na comparação com 6M22, alcançando R$78,2 milhões. Esse crescimento foi beneficiado pelo recorde na linha de receita de serviços no 1T23, consequência da estratégia de operação do TVV como um terminal multipropósito.

Segundo o Diretor de Terminais da Log-In Logística Intermodal, Gustavo Paixão, as iniciativas inovadoras e de modernização realizadas no TVV têm contribuído para o desenvolvimento do terminal e para a conquista de bons resultados. “Temos conquistado consecutivamente recordes nos resultados do TVV, especialmente por conta das diversas ações de modernização realizadas no terminal, a fim de expandir a oferta e a qualidade dos serviços prestados”, acrescenta Paixão.

Transporte Rodoviário de Cargas

Com relação à frente de Transporte Rodoviário de Cargas, o Grupo Log-In registrou, no segundo trimestre de 2023, uma Receita Operacional Líquida de R$137,8. Quanto ao EBITDA Ajustado, o crescimento do 1T23 para o 2T23 foi de 66%, alcançando o valor de R$16,6 milhões.

Entre os destaques do 2T23 está o avanço na atuação conjunta entre a Tecmar Transportes e a Log-In, com aumento de cerca de 22% na movimentação de cargas, registrando 647 TEUS, frente aos 530 TEUS do primeiro trimestre deste ano.

O resultado foi positivamente impactado pela nova estratégia de preços adotada, pelas iniciativas realizadas para melhorar a eficiência operacional e, adicionalmente, houve ganho de escala com o início da operação de distribuição de carga fracionada na região Norte, aqui envolvendo Log-In, Tecmar e Oliva Pinto. Além disso, a Tecmar registrou neste segundo trimestre o melhor nível de serviço da história da empresa.

Contribuindo para a estratégia de crescimento da Tecmar, a Oliva Pinto segue consolidando a operação de carga fracionada na região Norte, oferecendo entrega em 54 municípios nos estados do Amazonas e Roraima com a contribuição de operadores parceiros. No 2T23, com relação às frentes de eficiência operacional, houve a continuidade da implantação do modelo de gestão através de projetos com foco em melhorar os indicadores de segurança, produtividade, eficiência de custo e melhoria de qualidade em todas as empresas.

Agenda EESG

Desde 2020, o Grupo Log-In tem trabalhado no processo de construção de uma agenda EESG (Sustentabilidade Ambiental, Social e de Governança Corporativa, com a inclusão da perspectiva Econômica) direcionada pela necessidade genuína de um ambiente sustentável de seus modelos de negócio.

Neste sentido, as iniciativas estruturadas ao longo dos últimos anos fazem parte do roadmap da Agenda ESG da Log-In, desenvolvida junto com a liderança da Companhia e permeada para toda a organização, apresentado de forma transparente, com indicadores tangíveis e claros, no Relatório de Sustentabilidade, em conformidade com as Normas GRI (Global Reporting Initiative) e com o Sustainability Accounting Standards Board (SASB).

Entre os destaques do 2T23, no quesito Meio Ambiente (E) está a asseguração do terceiro relatório de Gases de Efeito Estufa da Log-In, presente no Relatório de Sustentabilidade divulgado, em acordo com o padrão internacional GHG Protocol e assegurado por entidade independente.

Quanto ao contexto Social (S), o Grupo diversificou suas iniciativas com a realização de palestras sobre Maternidade e Carreira, campanha do Dia do Orgulho LGBTQIA+, início do programa de Trainees, realização do 1º Processo Seletivo de Jovens Aprendizes do Rio de Janeiro – Morro da Providência, participação na Feira de Empregos para Pessoas com Deficiência, início do Programa Aprendiz no TVV e a campanha para arrecadação de livros para a biblioteca da comunidade do entorno do Terminal.

No âmbito de Governança (G), a Log-In segue o compromisso contínuo de aprimorar o Programa de Integridade e o trabalho constante de construção de uma cultura corporativa e um ambiente empresarial cada dia mais ético. Com isto, foi lançado o novo Canal de Denúncia do Grupo Log-In, a fim de oferecer uma ferramenta intuitiva e dinâmica para que os colaboradores e o público externo reportem violações às diretrizes de integridade.

 

Sobre a Log-In Logística Intermodal

A Log-In Logística Intermodal oferece soluções logísticas customizadas, movimentação portuária e navegação de cabotagem integrada a outros modais e serviços, conectando, por mar e terra, o Brasil e o Mercosul. Atualmente, a empresa possui uma frota de oito navios porta-contêineres com capacidade total de 21.550 TEUs e que oferecem serviços de navegação com rotas regulares, integrando os principais portos do país à Argentina e ao Paraguai. Recentemente, a Companhia anunciou a aquisição de dois novos navios que estão em construção em estaleiro chinês. A Log-In também administra e opera o Terminal Portuário de Vila Velha, localizado no Porto de Vitória (ES), além de dois terminais intermodais, um em Itajaí (SC) e outro no Guarujá (SP) com operações dedicadas. Há também as empresas recém adquiridas Tecmar Transportes e Oliva Pinto, que trazem maior sinergia entre a Cabotagem e o transporte rodoviário e integração entre modais.

Conheça mais os nossos serviços em: www.loginlogistica.com.br.