VLI inaugura novo Centro de Controle Operacional

0
35

VLI inaugura novo Centro de Controle Operacional


Localizado em Belo Horizonte, novo CCO recebe modernização tecnológica e de processos para aumentar a eficiência no controle de toda a operação ferroviária da companhia

 

A VLI, companhia de soluções logísticas que integram ferrovias, portos e terminais, acaba de inaugurar seu novo Centro de Controle Operacional em Belo Horizonte, responsável pela gestão de toda operação ferroviária da companhia no país. Além de receber computadores e sistemas de gerenciamento de última geração, o espaço também utiliza um modelo de trabalho que permite a atuação das equipes organizadas por corredor logístico da VLI, proporcionando respostas mais ágeis e assertivas às demandas por meio de uma maior integração entre especialistas das áreas de inteligência, análise e operação. O local é resultado de um investimento de quase R$ 7 milhões.

 

O novo CCO tem como objetivo alavancar o suporte à evolução contínua da excelência operacional da VLI, conferindo ainda mais eficiência e segurança à gestão operacional de composições e vias, sempre com o objetivo de gerar mais valor ao negócio dos clientes. O local é inspirado em CCOs de referência no Brasil e no mundo e também foi projetado levando em consideração elementos como o isolamento acústico, a ergonomia e a iluminação, para reduzir o cansaço e proporcionar bem-estar aos profissionais.


“O Centro de Controle Operacional é o coração das operações da VLI. É por meio dele que temos uma visão 360o de todos os aspectos que envolvem as movimentações das cargas que realizamos, o que nos permite reunir informações qualificadas que se traduzem em ainda mais eficiência e segurança para as operações, resultando também em impactos positivos na cadeia de negócios dos nossos clientes”, afirma Alessandro Gama, diretor-executivo de Operações da VLI.


O CCO da VLI oferece uma visão completa da circulação de trens na malha ferroviária operada pela companhia: a Ferrovia Centro-Atlântica e o tramo norte da Ferrovia Norte-Sul, por onde a empresa movimenta cargas vitais para o crescimento da economia nacional e da pauta de exportações do país. Em tempo real, as equipes técnicas são capazes de acompanhar todo o fluxo de locomotivas e vagões nos painéis eletrônicos, que lhes apresenta as informações de forma integrada para a tomada de decisões estratégicas, como trajetos dos trens, autorização para tráfego, tempo de parada, circulação em pátios, controle da confiabilidade das composições, entre outras.

Para mais informações, acesse: Link