WMS – Warehouse Management System Implantação

0
89

WMS – Warehouse Management System Implantação.

 Hoje, gostaria com este artigo levar os leitores a uma reflexão sobre a implantação de sistemas de informações e seus impactos nas indústrias e centros de distribuição.

“Nos últimos anos organizações empresariais vieram a reconhecer o impacto vital que a gestão da logística pode ter na conquista da vantagem competitiva (Martin Christopher, 2011).”

Refletindo sobre o conceito acima, nas organizações hoje, não estão competindo mais pela marca e sim por sua Cadeia de Abastecimento, onde a logística é peça fundamental. Permitindo, agilizar todo fluxo de aquisição, movimentação de materiais, estoques; entrando a tecnologia da informação através de suas ferramentas tecnológicas atuar, com objetivo de obter vantagens competitivas e satisfazer os desejos de seus clientes ao menor custo possivel.

O controle dos estoques é uma das principais ferramentas utilizadas:

Passado:

Kardex é o antigo sistema de arquivos de fichas e um armário. No armário as fichas são colocadas em uma determinada ordem: assunto, título, cliente etc. Essa metodologia era usada para organizar o inventário de almoxarifados, armazéns, fichas de pacientes em hospitais e muito mais.

Seu nome é aportuguesado da empresa estadunidense Kardex, que derivou da Rand Ledger, fundada em 1898. Inicialmente focada em sistemas indexados de arquivos de fichas, tornou-se sinônimo do arquivamento de informação pré-informática. A empresa hoje é sediada na Suíça e é focada em sistemas informatizados.

 

Presente:

WMS – Warehouse Management System

Um WMS é um sistema de gestão de armazéns, que otimiza todas as atividades operacionais (fluxo de materiais) e administrativas (fluxo de informações) dentro do processo de armazenagem, incluindo recebimento, inspeção, endereçamento, estocagem, separação, embalagem, carregamento, expedição, emissão de documentos, inventário, entre outras, que integradas atendem às necessidades logísticas, maximizando os recursos e minimizando desperdícios de tempo e de pessoas.

O mercado apresenta inúmeras ferramentas de WMS, que são normalmente compatíveis com a maioria dos ERP – Enterprise Resource Planning – traduzindo do inglês, “Planejamento dos Recursos da Empresa”. Logo, “sistema ERP” nada mais é do que um software de gestão empresarial que serve para automatizar processos manuais, armazenar dados e unificar a visualização de resultados.

Mas como escolher sistema de WMS – Warehouse Management System para uma empresa?

Como consultor posso dizer que não temos uma receita específica, mas sim que primeiramente devemos fazer uma autoanálise da organização e do sistema com referência:

  • grau de maturidade para enfrentar o desafio de uma implantação de novo sistema;
  • Avaliar o nível de aderência do sistema e base de dados mestres da organização;
  • seus processos; quero dizer que seus processos são robustos e confiáveis;
  • qual seu nível de informatização na sua organização;
  • precisa no momento de sistemas sofisticados;
  • estar preparado para mudanças – não procurar querer customizar o sistema ao extremo;
  • seus colaboradores estão abertos para quebra de paradigmas;
  • analisar bem a aderência do sistema WMS a sua organização, pois, cada organização possui características diferentes que devem ser atendidas, exemplo indústria farmacêutica e automobilísticas – requisitos peculiares que devem ser atendidos;
  • o sistema pode realizar o que promete – verificar em empresa que já implantaram

 e que possuem características e necessidades similares;

  • o sistema oferecido permite que realize operações em ambientes severos;
  • como funciona o suporte para implantação e pós-venda;

Concluindo:

Controlar a acuracidade dos estoques significa um dos pontos para obter vantagens competitivas e satisfazer os desejos de seus clientes ao menor custo possivel.

Lembrem-se que procurem ajuda de consultores para que possam auxiliar seus colaboradores de TI e Chão de Fábrica para suportá-los nas tomadas de decisão e implantação, pois, caso contrários poderá haver altos custos em virtude de escolha de caminhos muitas vezes obscuros.

Engº José Carlos V. de Mendonça.

E-mail jcmendonca@pratesmendonca.com.br

Fone: (+5511) 9.83316591

Direitos reservados a Prates & Mendonça Consultores.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here