Scanntech investe na digitalização do canal indireto – distribuidores e atacadistas – responsável por 52% das vendas para o varejo alimentar

0
90

Scanntech investe na digitalização do canal indireto – distribuidores e atacadistas – responsável por 52% das vendas para o varejo alimentar

Agilidade, eficiência, otimização na gestão de produtos e precisão ao longo da cadeia de abastecimento são os principais ganhos para indústria, distribuidores, varejo e, claro, consumidor final

São Paulo, abril de 2024 – Ao ver uma variedade de produtos de uma categoria na gôndola, pouco nos perguntamos como eles chegaram até ali, mas quando sentimos falta de uma marca preferida daquele produto específico – aí sim, identificamos uma falha na cadeia de distribuição. Preocupada com a eficácia da cadeia do varejo alimentar brasileiro de ponta a ponta, a Scanntech, líder em inteligência para o setor, que já atua na conexão de dados de mais de 40 mil PDVs com mais de 300 indústrias da área, se dedica, por meio de soluções específicas, a otimizar também a operação do Canal Indireto – composto por Distribuidores e Atacadistas, que em seu conjunto atualmente é responsável por cerca de 52% das vendas para o varejo alimentar brasileiro considerando as seguintes categorias: alimentos, bebidas, higiene e beleza, limpeza, cigarro e bazar, segundo dados da ABAD (Associação Brasileira do Atacado Distribuidor) de junho/23.

Percebemos que esse canal estava carente de informações granulares agrupadas e/ou sofriam com o desafio de analisar relatórios enviados, já que eles atendem mais de uma categoria e cada indústria mandava o levantamento com formatos e indicadores distintos. Esta falta de padronização demanda de um tempo maior deste distribuidor e podia levar a falhas na tomada de decisão para melhora na distribuição e rentabilidade da própria operação”, explica Ana Mello, diretora de atendimento ao canal indireto na Scanntech.

De acordo com a executiva, com a solução e suporte da Scanntech, o canal indireto passa a ter mais autonomia e visibilidade total das categorias e produtos que atende de forma unificada, gerando agilidade e melhor direcionamento da equipe, bem como maior assertividade de investimento e otimização nos diagnósticos territoriais para a indústria – que ainda é beneficiada pelo rápido retorno e melhores formas de fazer com que seus produtos cheguem até o shopper. Dessa forma, oportunidades que antes eram visualizadas apenas presencialmente na loja passam a ser identificadas através de inteligência para atuação assertiva e imediata.

“Fazemos parte de um planejamento que depende de muitos fatores, claro, mas geramos eficiência no processo para garantir que o canal indireto atue para gerar a satisfação da indústria, e evitar a ruptura de gôndola, assegurando que o shopper tenha acesso ao produto desejado e consequentemente alavancando as vendas no varejo. É uma engrenagem que se retroalimenta”, finaliza Priscila Ariani, diretora de Marketing da Scanntech.

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here